Biografias

Émile Sabò

Autoria: Angélica A. Silva de Almeida/Débora Penaqui Barbosa

Allan Kardec escreveu a carta destinada ao Sr. Sabò em 10 de fevereiro de 1862. Pelo assunto tratado na carta, concluímos que o Sr. Sabò enviava várias comunicações mediúnicas, obtidas na cidade de Bordeaux, onde residia, para análise de Kardec e posterior publicação em suas obras.

Uma hipótese que podemos levantar a respeito do assunto abordado nessa carta é que Kardec poderia estar compilando essas comunicações para incluí-las no livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, que foi publicado em 1864 (1). O seguinte trecho da carta é sugestivo:

“(…) Ignoro, como o senhor, o número de comunicações   que serão necessárias para formar o volume, mas creio que já temos o suficiente. Envie sempre o que quiser; não nos atrapalhará se houver em demasia; ademais, algumas certamente serão suprimidas, pois é necessário fazer escolhas. Quanto aos retoques, disso eu me encarrego. O que importa, para mim, é que o nome Bordeaux figure na coleção. Não haverá oposição ao que o senhor depois faça com as que não forem publicadas, e, com as novas, uma pequena coleção particular conforme o seu projeto. É inútil copiar as que foram publicadas na Revista, visto que as temos e basta recortá-las. Não há por que se preocupar com aquelas que pretendo pôr em minha obra particular; as que podem ser apropriadas ao assunto são uma escolha que só eu posso fazer (…).”

Cumpre destacar que no Evangelho Segundo o Espiritismo, identificamos vinte e sete comunicações vindas da cidade de Bordeaux. Além disto, Kardec faz um elogio aos médiuns da cidade na Revista Espírita em 1861: (2, 3)

“(…)Encontramos em Bordeaux numerosos e excelentes médiuns em todas as classes, de todos os sexos e idades. Muitos escrevem com grande facilidade e obtêm comunicações de elevado alcance, o que, aliás, os Espíritos nos haviam prevenido antes de nossa partida. Além disso, não se pode senão louvá-los pela solicitude com que prestam seu concurso nas reuniões (…).

Émile Sabò, que também se denominava como Émile Antoine Sabò nasceu em 17 de janeiro de 1828 em Bastia, capital do departamento francês da Alta Córsega. Filho de Jacques Marie Sabò e Marie Augustine Franceschi, (4) era de uma família de marinheiros (5). 

Sabò era funcionário da estrada de ferro Midi Railway Company (fundada em 1852 e operava as linhas do sudoeste da França). Ali ele trabalhou como chefe de contabilidade por muitos anos. (4, 6)

Morador de Bordeaux, o Sr. Sabó casou-se nessa localidade em 18 de abril de 1854, com Jeanne Felícia Cazemajour.  Com ela teve dois filhos: Edgard Louis Frédéric Sabò, que morreu no mesmo ano de seu nascimento (1855), e Pierre Joseph Edgard Sabo (1856). (4, 5)

O primeiro envolvimento do Sr. Sabò com o Espiritismo se deu através de sua sogra Marguerite Clémence Lajarriges (conhecida no meio espírita como a Sra. Cazemajour de Paris e de sua esposa Jeanne.  Sua sogra era membro e médium da Sociedade Espírita de Paris e após a fundação da Sociedade Espírita de Bordeaux em 1861 passou a ser uma médium de grande influência na organização. (4, 5, 7)

Após a morte de sua primeira esposa, casou-se com a irmã desta, Catherine Georgette Cecília Cazemajour no dia 24 de dezembro de 1862, em Bordeaux. Com ela, teve mais dois filhos:  Jean Frédéric Hippolyte Sabo (1863-1899) e Pierre Alexandre Raoul Sabo (1867-1867). (4, 5)

Em 1861, fundou, junto com outros colaboradores, a Sociedade Espírita de Bordeaux, sendo o seu primeiro presidente. Allan Kardec esteve presente no dia da inauguração da Sociedade e pronunciou um discurso no evento: (8, 9, 10)

“(…) Não é um fato característico a inauguração de uma sociedade espírita que, como a vossa, se inicia pela reunião espontânea de cerca de 300 pessoas, atraídas, não por vã curiosidade, mas pela convicção e pelo único desejo de se agrupar num feixe único? Sim, senhores, o fato não só é característico, mas providencial.”

Empenhado no avanço da doutrina espírita na cidade de Bordeaux, Sabò dedicou-se a escrever cartas, artigos e contos em diversos periódicos. Em 1863, fundou a Revista La Ruche Spirite Bordelaise – revue de l’enseignement des Esprits, (o primeiro periódico espírita de Bordeaux)junto com J. Chapelot (pseudônimo literário de Jean Condat, inventor, artista e escritor) e Bez. (8, 11, 12)

Em outubro de 1864, Sabò se mudou para Paris e passou a ser secretário particular de Allan Kardec. Essa mudança para Paris pode estar relacionada a alguns fatores, entre eles: a aposentadoria do então secretário de Kardec, o Sr. d’Ambel, desentendimentos na Sociedade Espírita Bordelesa e na forma como o movimento era conduzido na cidade. Com isto, a referida Sociedade que já vinha passando por um processo de desgaste pelas dissensões internas foi se esvaziando. Um dos pontos apontados por Kardec para os problemas enfrentados pela Sociedade seria o seu tamanho e o grande número de adeptos, gerando vários conflitos. Kardec havia aconselhado o Sr. Sabò que seria preferível ter diversas sociedades pequenas no lugar das grandes, o que poderia gerar uma maior união entre os seus participantes. (5, 13)

Um fato curioso sobre a vida do Sr. Sabò é seu desaparecimento no final da vida. Quando seu filho Edgar foi chamado para cumprir o serviço militar, em sua documentação consta que o Sr. Sabò se encontrava desaparecido desde 1871. Posteriormente, em 1883, seu filho Edgar se casa e na sua certidão de casamento consta que seu pai estava desaparecido. O mesmo ocorreu no casamento de seu irmão Jean Frédéric em 1886. Seu desaparecimento ocorreu por razões desconhecidas. (4, 5). Devido ao seu desaparecimento, não se sabe a data de falecimento, apenas que o Sr. Sabò tinha 43 anos à época.

Referências

  1. Bastos CS. Kardec, Allan. [Carta para o senhor Sabò – 10/02/1862]. [Internet]. São José dos Campos: CSI: História do Espiritismo: Imagens e registros históricos do Espiritismo; 2020 Set 6 [citado 2021 Fev 09]. Facebook: www.facebook.com/HistoriaDoEspiritismo/posts/783587775738340
  2. Kardec A. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Rio de Janeiro: FEB; 2003 (1864).
  3. Kardec A. O Espiritismo em Bordeaux. Revista Espírita – Jornal de Estudos Psicológicos. 1861;4(11):473-77.
  4. Antoine Sabo [internet]. [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: https://gw.geneanet.org/gironde2?n=sabo&oc=&p=antoine
  5. Extrait d’une histoire familiale “D’ici et d’ailleurs”: Du côté de Charles Sabo [internet]. [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: www.lattrapemots.fr/app/download/11187691949/D’ici+et+d’ailleurs.+Extraits.pdf?t=1473249944
  6. Archives Nationales Du Monde Du Travail. Archives de la Compagnie des chemins de fer du Midi [internet]. 2017. [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em:www.archivesnationales.culture.gouv.fr/camt/fr/egf/donnees_efg/78_AQ/78AQ_INV.pdf 
  7. Bastos CS. A verdadeira identidade de outros quatro principais médiuns utilizados por Kardec até 1865 [internet]. 2021. [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: https://www.allankardec.online/uploads/pdf/162736685060101d9565a9c1.98070352.pdf
  8. Martins JD, Barros SMd. Jean Baptiste Roustaing: Apóstolo do espiritismo [internet]. Rio de Janeiro: Casa de Recuperação e Benefícios Bezerra de Menezes; 2005. p. 24 [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: http://bvespirita.com/Jean%20Baptiste%20Roustaing%20-%20Apostolo%20do%20Espiritismo%20(Jorge%20D.%20Martins%20e%20Stenio%20M.%20de%20Barros).pdf
  9. Kardec A. Banquete oferecido ao Sr. Allan Kardec pelos Espíritas Bordeleses. Revista Espírita – Jornal de Estudos Psicológicos. 1861;4(11):511-12.
  10. Malgras J. Les pionniers du spiritisme en France: Documents pour la formation d’un Livre d’or des sciences psychiques [internet]. Paris: Librairie Des Sciences Psychologiques; 1906. p. 63. [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k316839d/f14.item.r=sabo
  11. Malgras J. Les pionniers du spiritisme en France: Documents pour la formation d’un Livre d’or des sciences psychiques [internet]. Paris: Librairie Des Sciences Psychologiques; 1906. p. 295. [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k316839d/f14.item.r=sabo
  12. Martins JD, Barros SMd. Jean Baptiste Roustaing: Apóstolo do espiritismo [internet]. Rio de Janeiro: Casa de Recuperação e Benefícios Bezerra de Menezes; 2005. p. 242-43 [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: http://bvespirita.com/Jean%20Baptiste%20Roustaing%20-%20Apostolo%20do%20Espiritismo%20(Jorge%20D.%20Martins%20e%20Stenio%20M.%20de%20Barros).pdf
  13. Martins JD, Barros SMd. Jean Baptiste Roustaing: Apóstolo do espiritismo [internet]. Rio de Janeiro: Casa de Recuperação e Benefícios Bezerra de Menezes; 2005. p. 24-5; 69-70 [Acesso em: 09 fev. 2021]. Disponível em: http://bvespirita.com/Jean%20Baptiste%20Roustaing%20-%20Apostolo%20do%20Espiritismo%20(Jorge%20D.%20Martins%20e%20Stenio%20M.%20de%20Barros).pdf

Citar como

Almeida, Angélica A. Silva; Barbosa, Débora P., Biografias: Émile Sabò. Projeto Allan Kardec, acesso em 2 de março de 2021, https://projetokardec.ufjf.br/biografias/biografias-06/.